Biblioteca

Em 2017 faça diferente e turbine a sua vida financeira!

Se você pudesse voltar no tempo e  tivesse a chance de rever algumas decisões financeiras, mudaria alguma coisa?

Eu, sim! Só Deus Sabe quantas.

Por exemplo:

Uma escolha desastrosa foi a compra de um carro que só dava problemas. Com ele tive apenas duas alegrias: comprar e vender (na verdade "vendi" o que sobrou para um ferro-velho depois de dar P.T.). Outra lembrança que certamente eu gostaria de poder "enterrar" de vez seria o período entre 2003 a 2005, principalmente devido aos meus frequentes tombos na Bolsa através do recém criado homebroker, onde eu costumava investir todas as minhas suadas economias e, por inúmeras vezes, no final das contas, acabava perdendo até da renda fixa.

Pessoalmente, acredito que uma das melhores formas de aprendizado é, simplesmente, não repetir os erros do passado, e isso se aplica a todas as dimensões da nossa vida.

O fato é que estas experiências - ainda que aparentemente negativas - têm, SIM, um lado muito positivo ou, no mínimo, didático:

- escolhas mal feitas, decisões precipitadas, desinformação, imaturidade, ansiedade, enfim, são "pecados" dignos de qualquer mortal que tenta acertar e fazer as coisas a seu modo.

Hoje vejo que o grande desafio é, na verdade, aprender com os próprios erros e, obviamente, não repeti-los. No campo financeiro não é diferente.

No fundo, pensando melhor, se eu pudesse voltar atrás, talvez mudasse apenas alguns detalhes daquilo que, a meu ver, deu "errado" ainda que feito com a melhor das intenções.

Ano Novo, Vida Nova!

Não sei quanto a você, mas vamos combinar que 2016 dificilmente será lembrado como um ano "fácil"(se é que já houve algum!).

Nesta época eu costumo fazer o meu balanço pessoal já pensando no ano que se aproxima. É uma espécie de autoavaliação, um tipo de "previsto x realizado", onde o previsto insiste em superar o realizado.

Paro o ano que vem prometi a mim mesmo que irei a fazer alguns ajustes em várias 'áreas':

  • ficar mais tempo com a família e com os amigos;
  • dar mais valor as pequenas conquistas do dia-a-dia;
  • praticar alguma atividade física (aliás, venho prometendo isso há uns 40 anos, mas algo me diz que desta vez vou conseguir...);
  • parar de ficar triste, desanimado e revoltado ao assistir notícias sobre política, ideais partidários, salários dos deputados, senadores, juízes e demais autoriades (ou seriam atrocidades?);
  • tentar tirar mais do que 5 dias úteis de férias;
  • trocar de carro (que preguiça! geralmente não dão nada pelo nosso e querem tudo pelo deles!);
  • dedicar mais tempo para os estudos (Sim! Em 2017 a G9 terá muitas novidades na área de Educação Financeira, além de novos serviços no segmento empresarial) e - como não poderia faltar - 
  • diversificar meus investimentos, tentando aproveitar ao máximo o período de juros altos que certamente logo irá terminar.

Então, em 2017 o jeito é FAZER DIFERENTE!

Chega de adiar aquelas mudanças que sempre prometemos e que acabam ficando pelo caminho, seja na dimensão financeira, pessoal ou profissional. Do contrário, o tempo vai passar e quando nos dermos conta poderá ser tarde demais.

Então, que tal, pelo menos, tentarmos não repetir os erros do passado?

Em nome da Equipe G9 desejo a você e sua família um excelente e próspero 2017!

Um grande abraço!

» Leia Agora: Imóveis: o alto custo da especulação imobiliária

Nossa missão é contribuir para o sucesso financeiro e pessoal dos nossos clientes.

G9 Negócios – Uma empresa do Grupo G9 Investimentos - Consultores Associados